Clique abaixo para nos ajudar
Conectar-se

Esqueci minha senha

Estamos no Facebook
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Quem está conectado
2 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 468 em 1/3/2012, 10:43
COMO ESTÃO DESENVOLVENDO EM WEB?

22/8/2016, 10:48 por AJC

Pessoal, já lí sobre vários topicos aqui no forum sobre desenvolvimento web
mas ainda nada …

Comentários: 3

TRY BEGIN E FLOCK()

17/4/2017, 10:32 por AJC

Pessoal estou tendo alguns problemas de gravação em rede, estou usando
try begin, mas vi algo na …

Comentários: 1

DESENVOLVIMENTO EM REDES

4/3/2017, 18:45 por AJC

Pessoal tem ou conhece livros ou material para programação em
redes usando banco de dados nativo …

Comentários: 1

ACESSAR WEBSERVICE COM HTTPS

5/4/2018, 14:48 por AJC

Pessoal recebi este material em C# preciso fazer esta função em vfp9

YourBeanService port = new …

Comentários: 0

REPORT FORM - GERAR 2 RELATORIOS

18/3/2018, 19:02 por AJC

Pessoal, estou tentando gerar dois tipos de relatorio no report form
ou seja
primeira folha - …

Comentários: 2

Estatísticas
Temos 7095 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Robson0

Os nossos membros postaram um total de 12260 mensagens em 1554 assuntos

Tratamento de Variáveis

Ir em baixo

Informativo Tratamento de Variáveis

Mensagem por aline em 15/4/2009, 16:58

Oi pessoal,

tava dando uma olhada por ai e axei essa postagem em um blog bem interessante. Tem como título "Python e o caminho do meio". Vale a pena conferir.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

aline
Começando a Participar
Começando a Participar


Voltar ao Topo Ir em baixo

Informativo Re: Tratamento de Variáveis

Mensagem por Marcos Guedes em 12/7/2009, 15:21

Python e o caminho do meio
A maneira como Python trata variáveis faz muito sentido, e exemplifica uma característica que eu gosto muito na linguagem: a opção pelo caminho do meio.

A maioria das linguagens segue um de dois caminhos extremos no tratamento de variáveis.

Um dos caminhos é aquele que exige que cada variável seja declarada, como ocorre em C, Pascal, Java etc. O curioso é que várias linguagens obrigam o programador a declarar uma variável, mas nem todas elas obrigam o programador a inicializar a variável antes de usá-la, o que gera bugs que às vezes são difíceis de achar.

Ou seja, tornar obrigatória a declaração da variável é algo que facilita a vida do compilador, mas não necessariamente resolve o problema do programador. Claro que os compiladores modernos reclamam quando encontram variáveis que nunca foram inicializadas em expressões, mas isso é um remendo.

O outro caminho, radical na direção oposta, é o das linguagens que não obrigam a declaração da variável e nem a sua inicialização. É uma tentativa equivocada de simplificar a vida do programador. Linguagens que seguem essa linha são JavaScript, PHP, Perl, Basic e outras chamadas "linguagens de scripting". Em algumas delas (Perl, VisualBasic) você pode mandar o interpretador reclamar quando encontra uma variável não declarada, mas esta opção não costuma ser o default. Em alguns casos a variável não inicializada tem um valor especial como "undefined" ou "null".

Nestas linguagens, a ocorrência de uma variável não inicializada em uma expressão geralmente faz com que ela seja avaliada com algum valor default, tipo 0 (zero) se for uma expressão numérica ou "" (string vazia) etc. Tudo isso faz com que ocorram bugs muito chatos de encontrar, porque se o nome de uma variável é soletrado incorretamente, o programador não é avisado e um valor sem sentido é introduzido no programa. Em projetos grandes, isso se torna um problema muito grave, e é um dos motivos pelos quais os adeptos de abordagens mais rigorosas consideram que as linguagens de scripting não são "sérias".

Python escolheu o caminho do meio, o mais sensato na minha opinião. Não é preciso declarar variáveis, até porque tal declaração não teria muita utilidade em uma linguagem de tipagem dinâmica onde o tipo está vinculado ao objeto, e não à variável. Mas Python exige que você inicialize uma variável antes de usá-la. Veja:
Código:
>>> b = a + 1
Traceback (most recent call last):
 File "<stdin>", line 1, in <module>
NameError: name 'a' is not defined
Então isso obriga você a escrever:
Código:
>>> a = 3
>>> b = a + 1
>>> print a, b
3 4
Note que como toda variável precisa obrigatoriamente ser inicializada, isso é mais útil do que a exigência de que ela seja simplesmente declarada. Porque evita valores inválidos, e o momento da atribuição acaba funcionando como uma declaração também.

O modo como Python lida com identificadores, não só neste aspecto, mas também no seu sofisticado sistema de namespaces, evita conflitos de nomes e é um dos fatores que torna Python atraente para projetos de larga escala. Ruby adota a mesma filosofia de Python quanto à inicialização de variáveis, mas não tem o suporte a namespaces.

Este é apenas mais um exemplo de como Python é uma linguagem "simples e correta", como definiu meu amigo Geraldo Coen.
Posted by Luciano Ramalho at 9:03 AM

Obs: Este conteúdo foi retirado do mesmo link sugerido por Aline na mensagem anterior.

Marcos Guedes
Webmaster
Webmaster


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum